Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

1 de março de 2022

Notícias em 01/03/2022

Assuntos do dia:
petróleo, mercado, energia alternativa, terremotos, vulcanismo, arqueologia, ciência espacial, asteroides e outros.

Cânion Kings
O Cânion Kings, com paredões de até 300 metros de altura, a sudoeste de Alice Springs, na Austrália Central, fica no Parque Nacional Watarrka. A face rochosa do cânion se eleva acima de densas florestas de palmeiras, samambaias e cicadáceas, protegendo-as do deserto inóspito e fornecendo refúgio para muitos animais nativos. Watarrka, que inclui o extremo oeste da Cordilheira George Gill, abriga o povo Luritja há mais de 20.000 anos. O Cânion Kings é o resultado da erosão dos arenitos Mereenie, no topo, e Carmichael, na base. O arenito Mereenie foi depositado há cerca de 400 milhões de anos e, no cânion, é cortado por um conjunto muito bem desenvolvido de juntas verticais onde a erosão tem seu trabalho facilitado. Este arenito foi depositado em ambiente que variou de eólico a lacustre e marinho. Tem cor predominantemente esbranquiçada, mas também há regiões avermelhadas devido a poeira rica em ferro soprada na superfície da rocha e depois fixada quimicamente aos grãos de areia através de fungos que prosperam em ferro, sílica e água da chuva efêmera. O arenito Carmichael foi depositado há aproximadamente 440 milhões de anos. Neste arenito, mais macio, a inclinação é menos íngreme. No lado norte do cânion, a erosão do arenito Carmichael tem favorecido o alargamento do vale, fazendo com que grandes blocos do arenito Mereenie tenham rolado desfiladeiro abaixo. Entre estes dois arenitos, há uma fina camada de lamito roxo, depositado quando o ambiente estava mudando de marinho raso (Carmichael) para um campo de dunas onde havia rios e lagos (Mereenie). Este lamito é mais resistente e muitas vezes a água da chuva, que penetra no arenito de Mereenie, não alcança o arenito Carmichael, criando um lençol freático acima do lamito. Isto permite que a vegetação prospere de forma exuberante neste nível, produzindo uma região chamada "Jardim do Eden". Intemperismo adicional, causado pelo vento e pela chuva, provocam a erosão dos cantos superiores e laterais de blocos de arenito formando as cúpulas que são visíveis hoje. No arenito Mereenie, os fósseis são raros, mas alguns vestígios, como trilhas de vermes, podem ser encontrados em locais isolados. Nisto, ele difere do arenito Carmichael, onde podem ser vistas trilhas de escavação fossilizadas chamadas cruziana, criadas por artrópodes, como trilobitas.
(Crédito da imagem: Hardlinerr - fonte1 - fonte2 - fonte3)

    Petróleo
Enauta contrata perfuração de dois poços adicionais no sistema definitivo de Atlanta


    Mercado
Mercado do petróleo

Mercado do cobre

Mercado do ouro

Mercado do minério de ferro


    Energia alternativa
Vivo inaugura mais uma usina de energia fotovoltaica no Distrito Federal, com potência de geração de 11.766 MWh/ano
    (Por Roberta Souza) Completando 23 usinas de energia fotovoltaica no Brasil, nova planta da Vivo no Distrito Federal já contribuiu para a geração de 150 empregos.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br

Sistema de energia renovável pioneiro do Ceará promete reduzir custos de empresas de pequeno e grande porte ao utilizar energia solar
    (Por Valdemar Medeiros) O projeto é resultado da união das empresas Soma Energia e H3 Solar, tendo como foco principal empresas que possuem contas de energia que ultrapassam os R$ 60 mil por mês.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br


    Vulcanismo
Vulcão Popocatepetl

Vulcão Kilauea

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Suwanose-Jima no Japão, Semeru na Indonésia, Santiaguito e Fuego na Guatemala, Telica na Nicarágua, Sangay e Reventador no Equador, Sabancaya no Peru e Nevados de Chillán no Chile.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Uma seção em câmera lenta da falha de San Andreas pode não ser tão inofensiva

Sismos mundiais com 5 graus ou mais nas últimas 24 horas
    Dia 28/02, dois nas Ilhas Kuril (5,3 e 5,1 graus).
    Dia 01/03, na costa norte de Nova Guiné, Papua Nova Guiné (5,0 graus), em Tonga (5,1) e dois na região das Ilhas Kermadec, Nova Zelândia (5,3 e 5,8).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 28/02, no leste das Ilhas Kuril (4,6 graus), três na região das Flores, Indonésia (4,8, 4,7 e 4,6), na Ilha Fox, Alasca (4,5), em Java, Indonésia (4,7), no sul de Xinjiang, China 94,6), e no mar de Molucca (4,7).
    Dia 01/03, nas Ilhas Ryukyu, Japão (4,8 graus), no leste das Ilhas Kuril (4,5) e no mar de Banda (4,6).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Arqueologia
Descoberta origem da Vênus de Willendorf, de 30 mil anos


    Ciência espacial
Detectada uma supernova do tipo Ia desde o momento de seu nascimento
    Equipe internacional liderada por pesquisadores do Instituto Dunlap da Universidade de Toronto, no Canadá, realizou a primeira detecção de uma supernova deste tipo.
    LEIA MAIS em noticiasdelaciencia.com


    Asteroides
Cratera de impacto no nordeste da China detém o recorde de maior na Terra


    Extra
Antigo deslizamento no fundo do Mar Vermelho pode alertar futuros tsunamis
    (Por Wyllian Torres) Aconteceu há 500 anos e produziu ondas de até 10 metros que atingiram a costa egípcia. A instabilidade geológica da região pode produzir eventos deste tipo ainda mais intensos no futuro, gerando até mesmo tsunamis.
    LEIA MAIS em canaltech.com.br

Alguns efeitos da guerra na Ucrânia
    Gigantes do petróleo deixam a Rússia. Shell vai sair do seu principal negócio de usina de gás natural liquefeito. BP abandonou sua participação na gigante petrolífera russa Rosneft. Equinor também confirmou que vai deixar o país.
    LEIA MAIS em g1.globo.com


Notícias em 28/02/2022

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *