Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

31 de julho de 2022

Notícias em 31/07/2022

Imagem em destaque

Cachoeira Multnomah
Esta cachoeira está localizada próxima ao extremo oeste do desfiladeiro Columbia River, no Oregon, EUA. Tem quase 190 m de queda d'água, sendo uma das mais altas da América do Norte. É alimentada por águas de nascentes de Larch Mountain (ao sul do desfiladeiro Columbia River) e cai em rochas basálticas da Formação Grande Ronde, do Mioceno Inferior ao Médio, pertencente ao Grande Grupo Basáltico Columbia River. No penhasco da cachoeira, estão expostas seis camadas de rochas, correspondentes a fluxos de lava basáltica empilhadas como capítulos da história geológica da região. Nos últimos 25 milhões de anos, o Rio Colúmbia tem migrado para o norte, ao ser empurrado por fluxos de lava como estes. Quando o derrame basáltico transbordou do arco vulcânico Cascade, o antigo canal do rio se encheu e novos foram sendo esculpidos por ele na borda norte daqueles fluxos de lava. Atualmente o desfiladeiro Colúmbia River está repleto de seções transversais testemunhando as antigas rotas do Rio Colúmbia. Na imagem acima, pode ser vista a Ponte Benson, uma característica distintiva da cachoeira onde os turistas experimentam a sensação de spray das águas que caem. Ela foi construída em 1914 pelo empresário norueguês, naturalizado norte-americano, Simon Benson (1851-1942) e é a peça de arquitetura mais fotografada do Oregon. Entre as duas cascatas de Multnomah, logo abaixo da ponte, há uma piscina natural que era aberta público até que, em 1995, uma pedra do tamanho de um ônibus despencou ferindo algumas pessoas, inclusive vários convidados de um casamento que estava sendo festejado ali. Uma triste lenda do povo Multnomah confirma a perigosa associação de casamentos com a Cachoeira Multnomah. Você não precisa continuar a ler. Certa vez, a única filha do Chefe daquele povo se apaixonou por um jovem corajoso. Durante o casamento, as pessoas começaram a adoecer e morrer. Os conselheiros mais sábios explicaram que o Grande Espírito estava contrariado com tudo aquilo e, para salvar o povo, deveria haver o sacrifício de uma jovem donzela, filha de um líder daquele povo. Muitos lideres estavam presentes, mas o Chefe disse que não haveria nenhum sacrifício e que o povo precisava enfrentar bravamente a doença. A filha do Chefe, no entanto, assumiu a responsabilidade e, durante a noite, fugiu e se atirou do grande penhasco. Na manhã seguinte, todos os doentes começaram a melhorar. Então, o Chefe, sabendo da morte da filha, clamou aos céus para que fosse enviado um sinal de que ela vivia em paz com os espíritos. Logo as águas começaram a descer pelo penhasco caindo aos pés do Chefe. Até hoje a Cachoeira Multnomah confirma este sinal, indicando que o sacrifício da donzela foi feito com amor pelo seu povo, e ainda salpica spray em quem aparece por lá.
(Crédito da imagem: Geology and Ecology of National Parks - fonte1 - fonte2 - fonte3 - fonte4)

Assuntos do dia
petróleo, produção, justiça, energia alternativa, paleontologia, terremotos, vulcanismo, arqueologia, tecnologia e outros.

    Petróleo
Petrobras planeja projetos de revitalização na Bacia de Campos


    Produção
Problemas de logística prejudicam produção de mineradoras no 2ª trimestre, enquanto siderúrgicas serão beneficiadas com alto EBITDA
    (Por Ruth Rodrigues) Deverá haver uma queda na arrecadação dos lucros das mineradoras em razão dos altos custos produtivos e dos problemas de logística causados por restrições da China.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br


    Justiça
Licenciamento ambiental em pauta no STF: análise sobre dispensa e inexigibilidade
    (Por Talden Farias, Mateus Stallivieri da Costa e Jaqueline de Andrade) Por se tratar de um dos mais importantes instrumentos de proteção do meio ambiente, é evidente que o licenciamento ambiental está sujeito a divergências e potenciais judicializações.
    LEIA MAIS em www.conjur.com.br


    Energia alternativa
Ibama confirma 54 propostas de projetos para construção de complexos eólicos offshore para a produção de energia em alto-mar

A Importância do hidrogênio para o Brasil
    (Por Yvan J. O. Asencios) Fonte para energia limpa, o hidrogênio permitiria também alcançar a independência no setor de fertilizantes nitrogenados.
    LEIA MAIS em www.portosenavios.com.br

Demanda solar global impressionante, a caminho de crescer 30%


    Paleontologia
Um dinossauro brasileiro de 70 milhões de anos


    Vulcanismo
Vucão Sangay

Vucão Popocatepetl

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Karymsky na Rússia, Sakurajima no Japão, Nevado del Ruiz na Colômbia, Reventador no Equador e Sabancaya no Peru.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Sismo em MG

Sismos mundiais com 5,0 graus ou mais nas últimas 24 horas

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 30, sem mais registros.
    Dia 31, no norte da dorsal Meso-Atlântico (4,8 graus), em Tonga (4,8), quatro nas Ilhas Izu, região do Japão (4,5, 4,7, 4,5 e 4,6), em Tarapaca, Chile (4,6), em Luzon, Filipinas (4,9), na região das Ilhas Kermadec, Nova Zelândia (4,5), no mar de Banda (4,9) e na região da República Dominicana (4,7).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Arqueologia
Os humanos começaram a viver em Fort McMurray, no Canadá, há pelo menos 11.000 anos
    (Por Bob Weber) Um sítio arqueológico conhecido como Pedreira dos Ancestrais rendeu milhões de artefatos desde que foi descoberto lá na década de 1990.
    LEIA MAIS em www.cbc.ca


    Tecnologia
Cientistas desenvolvem janelas de vidro com potencial de gerar energia solar e substituir painéis solares tradicionais
    (Por Valdemar Medeiros) A ideia é que esta tecnologia de células solares seja implementada nas janelas de vidro, para diminuir o custo de instalação.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br


    Extra
A guerra na Ucrânia


Notícias em 30/07/2022

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *