Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

30 de julho de 2022

Notícias em 30/07/2022

Imagem em destaque

A geologia de Brasília
Brasília, com uma área de 5.779 km², é a capital federal do Brasil e a sede do governo do Distrito Federal (DF), que tem uma área de 50 mil km². Faz parte do Planalto Central, no centro-oeste do país, e está localizada nas cabeceiras do Rio Maranhão, afluente do Rio Tocantins, do Rio Preto, afluente do Rio São Francisco, e dos rios São Bartolomeu e Descoberto, afluentes do Rio Paraná. A região é predominantemente plana, com 1.000 m de altitude média, e seu ponto mais elevado é o Pico Roncador, com 1.341 m, na Serra do Sobradinho. Em grande parte, a estrutura geológica do Brasil Central é herdada da orogênese Brasiliana, estabelecendo uma rede de faixas de dobramentos, correspondentes a bacias sedimentares mesoproterozoicas e neoproterozoicas, separadas por crátons. A Faixa Brasília, cobrindo partes de TO, GO e MG, compreende um cinturão de dobramentos de idade neoproterozoica que ocorre na borda ocidental do Cráton do São Francisco. Na região do DF ocorrem rochas dos grupos Paranoá, Canastra, Araxá e Bambuí. Abrangendo 60% da área do DF, as rochas metapsamo-pelíticas e carbonatadas do Meso/Neoproterozoico do Grupo Paranoá são subdivididas em seis unidades: metassiltito, ardósia, metarritmito arenoso, quartzito médio, metarritmito argiloso e psamopelito-carbonatado. As rochas do Grupo Canastra constituem um conjunto amplamente dominado por filitos variados com contribuição restrita de quartzitos, calcifilitos, mármores finos e filitos carbonosos. Ocorrem em 15% da área do DF, nas porções centro-leste e meio-norte. O Grupo Araxá, em 5% da área do DF, é composto essencialmente de xistos variados e, subordinadamente, de quartzitos. Em cortes de estrada são facilmente encontrados boudins de quartzo. Os sedimentos pelíticos do Grupo Bambuí, na porção oriental do DF, afloram em drenagens e raros cortes de estradas, sendo sua maior área recoberta por uma espessa camada de latossolos vermelhos. Na porção centro-sul do DF ocorrem metapelitos do Grupo Bambuí, de muito baixo grau de metamorfismo, alterados com cores rosadas e ricos em cubos de pirita limonitizada. No século XIX, nem todas estas informações eram conhecidas, mas, já em 1823, José Bonifácio de Andrade e Silva (1763-1838), para garantir a segurança do país, propôs a construção de uma nova capital no interior do Brasil e sugeriu o nome: Brasília. Em 1892, foi nomeada a Comissão Exploradora do Planalto Central do Brasil que, em 1894, apresentou relatório com topografia, geologia, clima, flora, fauna e recursos materiais. No século XX, baseando-se nestas informações, em 1954, o então presidente João Fernandes Campos Café Filho (1899-1970) escolheu o local. Surgiu o nome de Vera Cruz para a capital, mas não vingou. Em 1955, foi delimitada uma área de 50 mil km² para o DF. Em 1956, sob o comando do então presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira (1902-1976), foi iniciada a construção da cidade com o projeto urbanístico de Lúcio Marçal Ferreira Ribeiro de Lima Costa (1902-1998), tendo seu característico formato de avião (imagem acima, junto ao Lago Paranoá), e com os principais projetos arquitetônicos de Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho (1907-2012). Em 21 de abril de 1960, a estrutura básica de Brasília foi inaugurada na área do DF. Esta área é totalmente ocupada pelo Cerrado. A região, conhecida como savana, abriga diversas espécies de plantas e há também mamíferos, aves, peixes, répteis e anfíbios, além de políticos. Brasília é a sede dos três poderes do governo federal.
(Crédito da imagem: Coordenação-Geral de Observação da Terra / INPE - fonte1 - fonte2 - fonte3 - fonte4 - fonte5)

Assuntos do dia
mineração, barragem, petróleo, mercado, energia alternativa, geologia, terremotos, vulcanismo, ciência espacial, conhecimento e outros.

    Mineração
Vale aposta em metais básicos e maior volume do Sistema Norte para se recuperar
    (Por Sérgio Castro) Níquel e cobre podem ter maiores preços motivados pelo aumento da demanda por metais básicos por parte da Europa.
    LEIA MAIS em trademap.com.br


    Barragem
Vale concluiu a exclusão de duas barragens a montante, em MG

Mineradoras investem em soluções para reduzir o uso de barragens


    Petróleo
Perfuração de poços na margem equatorial deve ser iniciada em novembro


    Mercado
Mercado do petróleo
    (Por Victória Anhesini) Petróleo acumula alta de 5,6% na semana, com oferta reduzida e dólar fraco.
    LEIA MAIS em sumo.com.br

Mercado do ferro

Mercado do cobre


    Energia alternativa
Setor que recicla painéis solares de geração de energia poderá valer US$ 2,7 bilhões até o ano de 2030,

Agronegócio deve focar na sustentabilidade com a adoção de projetos de produção energia solar, após os dados positivos divulgados pela Absolar


    Geologia
Pesquisas sobre o antigo ciclo da água da Terra podem lançar uma nova luz sobre como os maiores depósitos de ouro se formaram
    Pesquisadores da Curtin University descobriram que a água foi transportada muito mais profundamente na Terra primitiva do que se pensava anteriormente, uma descoberta que lança uma nova luz sobre como os continentes foram originalmente formados.
    LEIA MAIS em www.mining.com


    Vulcanismo
Vulcão Popocatepetl

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Karymsky na Rússia, Sakurajima no Japão, Raung e Ibu na Indonésia, Fuego na Guatemala, Cerro Negro de Ayasquer na Colômbia, Sangay e Reventador no Equador e Sabancaya no Peru.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Existem terremotos no Brasil. Saiba onde e por que eles acontecem

Sismos mundiais com 5,0 graus ou mais nas últimas 24 horas
    Dia 29, em Sulawesi na Indonésia (5,0 graus), nas Ilhas Kuril (5,2), dois nas Ilhas Izu, região do Japão (5,3 e 5,2), na região das Ilhas Kermadec, Nova Zelândia (5,1), e na costa leste de Kamchatka, Rússia (5,6).
    Dia 30, ainda sem registros.
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 29, três nas Ilhas Izu, região do Japão (4,6, 4,7 e 4,8 graus), e em Sulawesi, Indonésia (4,5).
    Dia 30, na costa leste de Kamchatka, Rússia (4,9 graus), em Luzon, Filipinas (4,5), no mar de Banda (4,5), nas Ilhas Kuril (4,8), no mar de Molucca (4,6) e em Tarapaca, Chile (4,5).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Ciência espacial
NASA planeja enviar 2 helicópteros a Marte para missão de retorno de rochas
    (Por Diego Alves) O helicóptero Ingenuity fez tanto sucesso em Marte que inspirou a NASA a redesenhar uma futura missão ao planeta vermelho.
    LEIA MAIS em www.cavok.com.br

Missão Juno espia vórtices perto do polo norte de Júpiter
    (Por Keith Cowing) Essas poderosas tempestades podem ter mais de 50 quilômetros de altura e centenas de quilômetros de diâmetro.
    LEIA MAIS em spaceref.com


    Conhecimento
Artigos de Geologia publicados online


    Extra
A guerra na Ucrânia
    (Por Nima Elbagir, Barbara Arvanitidis e Tamara Qiblawida) O Sudão permitiu que a Rússia retirasse ouro de forma ilegal do país. O metal precioso não consta nos registros russos e sudaneses.
    LEIA MAIS em www.cnnbrasil.com.br


Notícias em 29/07/2022

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *