Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

12 de julho de 2022

Notícias em 12/07/2022

Imagens em destaque

Entablamento
Entablamento ("entablature" em inglês), na arquitetura clássica, é uma estrutura horizontal constituída (de cima para baixo) por cornija (moldura decorativa), friso (espaço intermediário) e arquitrave (viga que repousa sobre colunas). Em geologia e, mais especifica e principalmente, em derrames de lavas basálticas, entablamento é uma feição estrutural onde a rocha, com granulação extremamente fina e abundante matriz vítrea, encontra-se intensamente seccionada por densa rede de juntas primárias. É típico nos derrames basálticos do Grupo Rio Colúmbia (EUA). Eventualmente, são encontrados no Brasil na Formação Serra Geral. Exemplos ocorrem no município de Ribeirão Preto (SP) e nas rochas da usina hidrelétrica de Nova Ponte (MG). O conceito de entablamento geológico se inspira naquele da arquitetura clássica, mantendo até mesmo seu posicionamento sobre colunas. Uma diferença consiste na possível ocorrência geológica de colunas também acima do entablamento, ainda que em menor proporção. Na geologia, as colunas correspondem ao fenômeno chamado disjunção colunar (ou prismática). Este fenômeno ocorre principalmente em derrames, sills e diques de rochas básicas a intermediárias e se deve à contração que acontece durante a consolidação das massas magmáticas. O resfriamento mais lento provoca diaclases (disjunções) que formam prismas, geralmente com seção hexagonal, em virtude da regular distribuição de tensões orientadas por direções preferenciais associadas ao gradiente térmico de resfriamento. Na porção onde há entablamento, verifica-se, além da intensa rede de juntas primárias, evidências de resfriamento mais rápido da lava, provavelmente influenciado por fatores paleo-ambientais. Acredita-se que, no entablamento, a infiltração de água nas rachaduras, à medida que se formam, acelere o resfriamento e interrompa a formação das perfeitas disjunções colunares. É o que aconteceu na Irlanda do Norte na famosa Calçada dos Gigantes. Hoje, grandes pedaços de rochas do entablamento, que se desprenderam, são vistos caídos em locais mais baixos (imagem maior, no canto inferior direito). Neste ponto, é preciso desprender-se do geológico e cair no campo do lendário. A formação deste entablamento talvez tenha sido um descuido causado pelo cansaço do gigante Finn MacCool após arrancar 40 mil blocos para construir a tal calçada. Ele tinha o objetivo de, através dela, chegar à Escócia e resolver suas diferenças com outro gigante, seu inimigo Finn Gall. O cansaço fez Finn MacColl desistir. Disfarçou-se de criança, para evitar o confronto, e adormeceu. Ao encontrá-lo assim, Finn Gall imaginou estar vendo o filho do inimigo e, se o filho era daquele tamanho, imaginou o tamanho do pai. Então, decidiu retornar para a Escócia e, para que Finn MacColl não o perseguisse, destruiu aquele caminho entre a Irlanda do Norte e a Escócia. Para provar que isto tudo é verdadeiro, lá para onde retornou Finn Gall, na Escócia, na caverna marinha que recebeu o nome de Caverna de Fingal, é possível ainda observar o entablamento na sua posição original acima das colunas basálticas (imagem menor). É o mesmo tipo de rocha, com a mesma datação: 60 milhões de anos. Além do descuido dos gigantes, o entablamento precisou de água para perturbar a disjunção colunar, conforme pensam os geólogos. Esta água veio do grande dilúvio. Quando as águas deste evento começaram a recuar, justamente neste momento aconteceu o vulcanismo que produziu o material necessário para estas formações naturais. O único problema desta hipótese é que o registro bíblico diz que o grande dilúvio aconteceu há 4.500 anos, enquanto que a geologia define a idade destes derrames basálticos em 60 milhões de anos. É uma questão em aberto.
(Crédito da imagem maior: José Leonardo Silva Andriotti - Crédito da imagem menor: Luk - fonte1 - fonte2 - fonte3 - fonte4 - fonte5 - fonte6 - fonte7 - fonte8)

Assuntos do dia
petróleo, produção, mercado, fiscalização, energia alternativa, geologia, paleontologia, terremotos, vulcanismo, arqueologia, tecnologia, ciência espacial, asteroides, eventos e outros.

    Petróleo
Comperj atrasa entrada da Petrobras em operação de gasoduto do Pré-Sal

Opep aumenta previsão para oferta de petróleo no Brasil em 2022

PetroReconcavo aumentou produção em junho, enquanto PetroRio teve recuo por conta de parada de poços
    A PetroReconcavo extraiu 21,4 mil barris de óleo equivalente por dia durante o período, uma alta de 5,5% na comparação com o mês anterior.
    LEIA MAIS em petronoticias.com.br

PetroRio comemora resultados do novo poço no Campo de Frade


    Produção
Aura Minerals divulga resultados de produção das suas três operações em produção para o 2T22
    A produção total atingiu 55.645 onças de ouro equivalente (GEO) durante o segundo trimestre de 2022.
    LEIA MAIS em br.advfn.com


    Mercado
Mercado do petróleo

Mercado do ferro

Mercado do cobre


    Fiscalização
Polícia Federal apreende ouro e destrói balsas usadas em garimpos ilegais na terra indígena do Baú, no PA


    Energia alternativa
ANP realiza audiência pública sobre biometano
    Esta audiência pública se refere à alteração de aspectos da Resolução ANP nº 685, de 29 de junho de 2017, que estabelece a especificação do biometano de aterros sanitários e estações de tratamento de esgoto.
    LEIA MAIS em www.gov.br


    Geologia
O manto profundo da Terra era mais seco desde o início

Como ocorre a deformação do terreno quando as seções de falha deslizam
    (Por Sarah Derouin) Usando um experimento físico, os pesquisadores mostram como a deformação fora da falha ocorre ao longo de falhas de deslizamento com diferentes tipos de movimento.
    LEIA MAIS em eos.org

Raras piscinas de salmoura do fundo do mar descobertas no Mar Vermelho
    Esses ambientes extremos recém-descobertos oferecem pistas sobre a vida extraterrestre e podem conter compostos potenciais de combate ao câncer.
    LEIA MAIS em www.sciencedaily.com


    Paleontologia
4.300 pegadas de dinossauro encontradas no norte da China


    Vulcanismo
Vulcão Oruanui

Vulcão Popocatepetl

Vulcão Teide

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Shiveluch na Rússia, Suwanose-Jima no Japão, Semeru e Dukono na Indonésia, Nevado del Ruiz na Colômbia, Sangay e Reventador no Equador e Sabancaya no Peru.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Sismos mundiais com 5 graus ou mais nas últimas 24 horas
    Dia 11, dois em Vanuatu (5,7 e 6,0 graus) e em Tonga (5,6).
    Dia 12, em Tonga (5,8 graus), na região das Ilhas Samoa (5,7) e no Estreito de Davis (5,2).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 11, no sul do Irã (4,5 graus) e em Sulawesi, Indonésia (4,6).
    Dia 12, na Zâmbia (4,6 graus), no Estreito de Sunda, Indonésia (4,9), na Península de Kenai, Alasca (4,5), na costa leste de Honshu, Japão (4,7), dois em Kepulauan Talaud, Indonésia (ambos de 4,7), no sul do Alasca (4,8), em Jujuy, Argentina (4,7), na região de Nova Britânia, Papua Nova Guiné (4,9), Chihuahua, México (4,6), e no mar de Molucca (4,8).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Arqueologia
Cidade imperial romana desconhecida é descoberta no sopé dos Pirinéus
    O conjunto urbano que funcionou entre os séculos I e II tinha infraestruturas e espaços públicos, como banhos, abastecimento de água, ruas, esgotos e possivelmente um templo.
    LEIA MAIS em www.lanacion.com.ar


    Ciência espacial
Webb da NASA fornece a imagem infravermelha mais profunda do universo até agora
    O primeiro campo profundo de Webb é o aglomerado de galáxias SMACS 0723, e está repleto de milhares de galáxias – incluindo os objetos mais fracos já observados no infravermelho.
    LEIA MAIS em www.nasa.gov

Planadores e balões em Marte
    Oito espaçonaves ativas, três delas comandadas pela NASA, orbitam Marte e coletam imagens da superfície do planeta com resolução de cerca de 30 centímetros por pixel.
    LEIA MAIS em noticiasdelaciencia.com


    Asteroides
Meteorito marciano pode carregar ensinamentos sobre a formação da Terra
    (Por AFP) Cientistas identificaram a região de origem de um meteorito marciano, um verdadeiro "livro aberto" sobre os primeiros instantes do planeta Marte, potencialmente rico em lições sobre a formação da Terra.
    LEIA MAIS em www.em.com.br

Nova teoria pode explicar mistérios do processo de formação da Terra
    (Por Danielle Cassita e Rafael Rigues) Embora os cientistas tenham uma ideia geral dos processos de formação planetária, ainda há uma série de perguntas sem resposta sobre os detalhes do processo e características observadas na Terra.
    LEIA MAIS em canaltech.com.br


    Tecnologia
Empresa desenvolve painel solar a partir de algas capazes de filtrar CO2
    (Por Valdemar Medeiros) A startup mexicana Greenfluidics desenvolveu novos painéis solares a base de algas que, além de revolucionar o mercado renovável, conseguirão preservar o meio ambiente.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br


    Eventos
Encontro EMBRAPII & BNDES: Economia Circular e Materiais Avançados

Projeto patrocinado pela Petrobras promove competições de robótica
    Projeto Robot em Ação usa robótica como instrumento de aprendizagem. Premissa é que computadores e conteúdos digitais são mais atrativos à geração atual do que aulas expositivas.
    LEIA MAIS em www.agenciapetrobras.com.br


    Extra
A mineração e a comunidade

Nova eco-nomia dos rejeitos minerais
    (Por Eduardo Athayde e Eder Martins) Na interligação entre a mineração e a agricultura, os remineralizadores podem constituir uma estratégia do país em diminuir a dependência de fontes externas de fertilizantes.
    LEIA MAIS em correio24horas.com.br

A guerra na Ucrânia


Notícias em 11/07/2022

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *