5 de novembro de 2018

Geomitologia: A lenda das três irmãs

Por Marco Gonzalez


A cordilheira Cascade, no Oregon, EUA, cenário onde a lenda transcorreu do modo como tem sido contada (Crédito: Sword Fern)

A lenda

Diz a lenda que, há alguns milhões de anos, as três filhas do Chefe Supremo nasceram calmamente sobre as terras do Oregon. A primeira foi a irmã do norte, seguida pela irmã do meio e, finalmente, pela a irmã do sul, a mais alta e mais bonita das três. 

A irmã mais ao norte foi batizada como o nome de Fé, a do meio se chamou Esperança, e a do sul, Caridade. Todas as três prometeram proteger Oregon e a sua beleza terrena. Como guardião delas foi designado o ancião Jack, o pai das terras. 

Um dia Caridade viu o solteirão. Ele era alto, bonito e... solteirão. Logo em seguida as outras duas também o viram e a competição foi inevitável. As irmãs começaram a lutar, o fogo de dentro delas cresceu e foi vomitado pelas terras da região. Na luta, foram também usadas armas geladas e afiadas que rasgavam e desgastavam tudo pela frente. Nada estava a salvo da fúria das três irmãs. 

O guardião Jack, para que a catástrofe tivesse fim, ofereceu seus dedos às três irmãs, um para cada uma delas. Era o sacrifício necessário para salvar as terras e tudo o que nelas vivia. 

A oferenda fez com que as irmãs lembrassem do voto que haviam feito para proteger e manter tudo que estivesse ao alcance de suas vistas. Felizmente a guerra, assim, teve fim.

Até hoje tem reinado a paz na região. As três irmãs estão sempre a vigiar a vasta cordilheira onde vivem, no Oregon, e a beleza terrena do local tem se mantido a salvo. E o solteirão continua solteirão. 

O contexto geológico

A cordilheria Cascade, no Oregon, constitui um arco vulcânico do qual fazem parte principalmente vulcões em escudo e estratovulcões. Lá estão Three Fingered Jack (o pai das terras), Mount Bachelor (o solteirão) e também Three Systers (as três irmãs).

As montanhas espetaculares da região foram formadas inicialmente por derrames de lava que construíram em camadas amplos vulcões em escudo. Eles nasceram, assim, calmamente. Entretanto, nos estágios finais do Pleistoceno, em um período iniciado há um milhão de anos, essas montanhas protagonizaram cenas de atividade explosiva. Foi quando surgiram os picos maciços que estão ainda visíveis. 

A região de Three Systers era virtualmente coberta por geleiras durante o último máximo glacial, antes da atividade vulcânica. Atualmente, no entanto, somente cerca de uma dúzia de pequenas geleiras são encontradas nos altos dos estratovulcões, além de numerosas manchas de neve e gelo perenes.

Embora a erosão glacial tenha suavizado a topografia, ainda existem ótimos exemplos de vulcões que reinam na paz da região.

A partir da esquerda, a Irmã do Sul, a Irmã do Meio e a Irmã do Norte, no Oregon, EUA. Em primeiro plano, à esquerda, um fluxo de riolito de 2.200 anos de idade (Crédito: Lyn Topinka / USGS)

North Sister (a irmã do norte) tem 3.074 m de altitude no topo. Ao longo das suas encostas setentrionais apresenta fluxos basálticos resultantes de uma sequência de erupções vulcânicas recentes, com aproximadamente mil anos de idade. Nesta sequência se inclui o cone Collier. O glaciar Collier, que pode ter contribuído como arma gelada e afiada para a suavização do relevo, situa-se próximo a este local.

South Sister (a irmã do sul), com 3.157 de altitude no topo, é um vulcão construído em três grandes etapas, possuiu uma parte inferior constituída como um vulcão em escudo basáltico. Esta parte foi coberta por um cone mais inclinado e sobre este surgiram dois cones mais recentes. O mais novo destes dois últimos esteve ativo durante o presente milênio. 

Middle Sister (a irmã do meio), com 3.062 m de altitude no topo, é um vulcão também constituído por fluxos mais antigos sobrepostos por um topo mais recente basáltico. Originados dos cones deste vulcão, os penhascos de obsidiana, visíveis ao longo da Trilha Obsidiana, são exemplos de fluxos de andesitos e dacitos. 


Three fingered Jack (Crédito: EncMstr)

Three Fingered Jack (o pai das terras) é um vulcão em escudo basáltico profundamente erodido por geleiras. Sua idade é estimada entre 500.000 e 250.000 anos. Tem 2.390 m de altitude no topo.


Mount Bachelor (Crédito: DimiTalen)


Mount Bachelor (o solteirão) é um vulcão em escudo com um cone basáltico. A maior parte da sua atividade eruptiva ocorreu em quatro episódios que são definidos com base em dados paleomagnéticos, entre 18 e 8 mil anos. Tem 2.764 m de altitude no topo. 

O solteirão continua mantendo a mesma distância: nem tão pequena que possa insinuar alguma intimidade com as três irmãs, nem tão grande que o leve a ser esquecido por elas. Mount Bachelor se conserva sereno 15 km a sudeste de South Sister.



Leia também

Geomitologia: lendas, mitos e geologia

A hidra cárstica

Pelé e o vulcanismo do Havaí

Alguns outros mitos


Nenhum comentário:


Publicação em destaque


Minério de Ferro: produção em crise

Por Marco Gonzalez O mercado global de minério de ferro está sob  pressão  devido a um choque na oferta, depois do rompimento da barragem ...

Seguir por e-mail