1 de novembro de 2017

Será?! Definições indefinitivas (parte IV)

Por: Zelaznog Ocram


A Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca) grudada novamente no local para ficar inextinta

Há pouco tempo ficamos todos sabendo que o governo pretendia extinguir uma reserva de minérios na região amazônica, a Renca. Ora ninguém consegue extinguir uma reserva de minérios a não ser que a lavre até a exaustão. Como, posteriormente, extinguiu-se a extinção, os ambientalistas, que sabem extinguir uma reserva de minérios como ninguém, devem ter explicado isso ao governo. Espera-se que, logo, um extintor mineral tenha permissão para explorar essa tal reserva extinguindo-a totalmente e ninguém falar mais nisso.

Este é mais um exemplo das confusões que persistem e insistem em acontecer nesta área e em todas as outras áreas onde a geologia é pesquisada e a mineração, se houver minério, é realizada. Faço aqui mais um esforço para contribuir com a extinção dessas confusões, listando mais algumas definições que deveriam também ser extintas.

falha de calvagamento: erro do cavaleiro ao andar a cavalo.

granada na assembleia mineral: artefato bélico explosivo jogado em reunião de pessoas do setor mineral.

grauvaca: grau que alcança um novilho na idade adulta após alteração de sexo.

lamelas de exsolução: secreção das pálpebras que choram uma solução que não é mais válida

lavas no riacho: esfregas e enxáguas no pequeno rio.

lençol freático: lençol nada excitante, por exemplo, com desenhos de ursinhos.

leque de dejeção: leque antigamente utilizado pela dama para indicar ao pretendente que não estava a fim.

limonita na canga da mina: água açucarada com suco de limão derramada na saída de praia da garota.

marcas de corrente: efeito especial muito utilizado em filmes de terror.

marcas de sola na base do extrato: pistas que auxiliam a elucidação de um crime encontradas na parte inferior do registro de movimentação bancária.

meia-vida: metade de uma vida inteira.

mergulho em direção oposta: jogo-me n'água pro outro lado.

orogênese tardia: geração demorada de 'oro'.

pavimento desértico: piso sem ninguém

plano de hábito irregular pouco cristalino: planejamento para desenvolver costume não confiável e obscuro. Boa coisa não dá.

pirâmide de fada: monumento com faces triangulares de propriedade de um ser imaginário feminino com poderes sobrenaturais.

recristalização: processo de formação da segunda crista quando a primeira cai.

rejeito com estudos técnicos: repudio de forma fundamentada.

tremores gerados por movimentos transformantes: conflitos produzidos por manifestantes que reivindicam transformações na sociedade.

unidade pedológica: cada um dos dedos de um pé.

veio da camada inferior: chegou da classe menos abastada.

zona de saturação: local de aborrecimento abaixo do lençol freático, aquele que não excita.

zona ultramáfica: região mafiosa extremada.

Será?! Definições indefinitivas (parte III)

Nenhum comentário:


Publicação em destaque


Minério de Ferro: produção em crise

Por Marco Gonzalez O mercado global de minério de ferro está sob  pressão  devido a um choque na oferta, depois do rompimento da barragem ...

Seguir por e-mail