Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

27 de novembro de 2021

Notícias em 27/11/2021

Assuntos do dia:
mineração, petróleo, mercado, política, energia alternativa, meio ambiente, mineralogia, paleontologia, terremotos, vulcanismo, tecnologia, ciência espacial, conhecimento e eventos.

Cataratas de Kaieteur
Kaieteur está localizada no Parque Nacional Kaieteur, na parte central das Terras Altas, na região da Floresta Amazônica da Guiana. Alimentada pelo Rio Potaro, possui cerca de 113 metros de largura, 251 metros de queda d'água e 226 de mergulho principal. É aproximadamente quatro vezes mais alta que as Cataratas do Niágara e duas vezes mais que as Cataratas de Vitória. É considerada a maior queda d'água do mundo em volume de água, com uma vazão média de 663 m3 por segundo. Sua maior potência é alcançada durante as monções de verão, que vão de abril a setembro. Kaieteur inicia sua queda d'água em uma camada de conglomerado de 6 a 10 metros de espessura que se sobrepõe a uma camada mais macia de arenito. Nesta porção mais macia é produzida uma reentrância que aumenta lentamente e, como consequência, faz colapsar o conglomerado superior. Este processo provavelmente fez recuar estas cataratas em alguns quilômetros. Conforme a água marrom-avermelhada escura do rio de selva tropical cai no precipício, são produzidas espuma e névoa brancas brilhantes. Após a queda, o Rio Potaro percorre um desfiladeiro profundo de 32 km de comprimento. Em 1924, foi descoberto um novo mineral no cânion abaixo das cataratas, a potarita, que é extremamente raro e incomum, sendo uma liga natural de paládio e mercúrio. A potarita é feia, possui grãos pequenos e frágeis, consistindo de uma massa metálica opaca prateada. Atualmente, este mineral é encontrado em mais alguns locais ao redor do mundo. Outra descoberta foi feita em 1997, desta vez na borda da Kaieteur. Foi encontrada uma das menores samambaias do mundo, a Hecistopteris kaieteurensis, que possui 2 cm de comprimento. Além disto, quem visita Kaieteur faz mais uma descoberta revelada por uma história contada pelos nativos. Dizem eles que, certa vez, os indígenas de uma aldeia localizada acima da queda d'água resolveram se livrar de um velho índio que tinha os pés infestados por um parasita chamado "pulga de chigoe". Parentes e amigos do enfermo, como não aguentavam mais a quantidade de trabalhos que ele exigia, decidiram colocá-lo em um odre, um tipo de saco feito com pele de bode, e jogá-lo na Kaieteur. O velho desapareceu na espuma da água e nunca mais foi visto, apenas o odre foi encontrado em uma pequena ilha mais adiante. Esta é a origem do nome Kaieteur, que significa "queda do velho".
(Crédito da imagem: Sorenriise em - fonte1 - fonte2)

    Mineração
RHI Magnesita moderniza e amplia produção com foco no mercado de controle de fluxo
    Com um investimento de R$ 7,5 milhões na unidade de Contagem (MG), a RHI Magnesita alavanca sua estratégia para ampliar a participação no mercado de flow control.
    LEIA MAIS em ibram.org.br


    Petróleo
Com investimentos de mais de R$ 400 bilhões, a Petrobras anuncia 15 novas plataformas de petróleo

PPSA comercializa 55,7 milhões de barris de petróleo da União

Produtores independentes elevaram sua produção em 300% no RN
    O volume de óleo extraído por eles saltou de 4 mil barris de petróleo equivalente por dia (bpe/d) em 2019 para 16 mil bpe/d em 2020.
    LEIA MAIS em petronoticias.com.br


    Mercado
Mercado do petróleo

Mercado do cobre

Mercado do minério de ferro

Mercado do ouro

Mercado do cobalto


    Política
Sancionada lei que estabelece o Programa Nacional do Bioquerosene
    Objetivo é incentivar a pesquisa e o fomento da produção de energia à base de biomassas, visando à sustentabilidade da aviação brasileira.
    LEIA MAIS em www.gov.br

Futuro da Petrobras é debatido


    Energia alternativa
Pesquisadores desenvolvem nova tecnologia de energia solar

2W Energia expande serviço de geração distribuída de energia renovável

Inauguração de cascata de enriquecimento de urânio na INB
    Cascata possibilitará a produção de 65% da demanda das recargas anuais de Angra 1. O enriquecimento isotópico do urânio pelo processo da ultracentrifugação tem importância estratégica para o Brasil.
    LEIA MAIS em www.gov.br

Parque eólico da Honda no RS bate recorde de geração de energia elétrica


    Meio Ambiente
Por que o trânsito sustentável precisa ser uma grande preocupação coletiva?


    Mineralogia
10 pedras mais valiosas do mundo


    Paleontologia
Âmbar conserva o comportamento raro de uma planta em espécie extinta de pinha


    Vulcanismo
Islândia perfura vulcão para criar observatório subterrâneo de magma

Vulcão Cumbre Vieja

Vulcão Popocatepetl

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Suwanose-Jima no Japão, Bagana em Papua Nova Guiné, Semeru na Indonésia, Yasur em Vanuatu, Fuego na Guatemala, Nevado del Ruiz na Colômbia, Sangay e Reventador no Equador, Sabanacaya no Peru, Nevados de Chillán no Chile e Soufriere Hill nas Índias Ocidentais.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
O padrão de onda de choque sísmica pode estar redirecionando os danos do terremoto
    Uma nova pesquisa da Universidade do Texas em Austin pode mudar a maneira como os cientistas pensam sobre os danos potenciais dos terremotos.
    LEIA MAIS em www.geologypage.com

Sismos mundiais com 5 graus ou mais nas últimas 24 horas
    Dia 26, dois em Tonga (ambos de 5,3 graus) e no norte do Peru (5,1).
    Dia 27, na região de Nova Britânia, Papua Nova Guiné (5,3 graus), na região de Bougainville, Papua Nova Guiné (5,4), e em Kepulauan, Indonésia (5,2).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 26, na região das Ilhas Philippine (4,7 graus) e na dorsal Reykjanes (4,7).
    Dia 27, em Antofagasta, Chile (4,5 graus), em Salta, Argentina (4,7), na costa da região central do Peru (4,6) e na região das Ilhas Sanduíche do Sul (4,9) .
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Ciência espacial
Sinais estranhos em Vênus podem estar vindo de um vulcão em erupção


    Tecnologia
Conheça os Centro de Operações Integradas (COIs)
    (Por Juarez Lopes de Morais) Os COIs na mineração surgiram nas operações da Austrália, onde as minas operadas no oeste Australiano passaram a ser controladas dos centros integrados instalados nas grandes cidades do litoral sudoeste, de forma remota e a mais de 1.000 km de distância.
    LEIA MAIS em institutominere.com.br


    Conhecimento
Livro "Geoparque Chapada dos Guimarães – uma viagem pela história do planeta"
    O livro está dividido em 10 capítulos que contam os processos geológicos que formaram as rochas que vemos nas belas paisagens, compondo os paredões e cachoeiras do município de Chapada dos Guimarães (60km de Cuiabá).
    LEIA MAIS em www.febrageo.org.br

Livro "Superferas Respodem: uma aventura pelo projeto Geoparque Costões e Lagunas"
    Este livro é produto da parceria do IGCE/UNESP, IGEO/UFRJ, Geoparque Costões e Lagunas do RJ e FEBRAGEO, com patrocínio do CONFEA.
    LEIA MAIS em www.febrageo.org.br


    Eventos
Workshop on Multiple Seismic Activities Offshore: Environmental Impact and Regulations

Hacking.Rio
    Vale propõe desafio para combater as mudanças climáticas neste evento que acontece de 26 a 28 de novembro.
    LEIA MAIS em www.vale.com


Notícias em 26/11/2021

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *