Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

8 de novembro de 2021

Notícias em 08/11/2021

Assuntos do dia:
mercado, justiça, energia alternativa, meio ambiente, paleontologia, terremotos, vulcanismo, ciência espacial e outros.

Cachoeira Ban Gioc
Esta cachoeira está localizada na fronteira entre o nordeste do Vietnã e o sudoeste da China, sendo conhecida como Detian neste segundo país. Localizada na Comuna de Dam Thuy, Distrito de Trung Khanh, província de Cao Bang, é considerada a maior cachoeira da Ásia e a quarta maior do mundo. Ela faz parte do Geoparque Non Nuoc Cao Bang, um patrimônio da UNESCO. Rodeadas por floresta densa, suas três principais quedas d'água, respectivamente, com 14 a 15 metros, 10 a 12 metros e 6 a 8 metros em calcário, formam piscinas naturais e levam as águas do Rio Quây Sơn até os vales de arrozais. Uma falha NE-SW corta calcários e folhelhos da Formação Ban Cong gerando o desnível para as quedas d'água. Ban Gioc está cercada por uma paisagem cárstica madura a velha com picos que alcançam altitudes de 400 a 600 metros envoltos em espessa cobertura de vegetação. A água do Quây Sơn serpenteia por bosques de banbu, tornando a cachoeira especial pelo tamanho da área mais do que pelos desníveis, estendendo-se por 300 metros ao longo da fronteira sino-vietinamita. Em certos momentos a água bate na rocha de forma abrupta e em outros flui suavemente ou espirra como névoa alcançando a copa das árvores mais próximas. Ao chegar na vila de Ban Gioc, o rio Quây Sơn se divide em vários ramos e diminui seu fluxo para criar as quedas d'água de Ban Gioc. A cerca de 3 km da cachoeira, encontra-se a caverna Nguon Nagao (ou Tiger) em rocha calcária com estalactites e estalagmites. Muitos vietnamitas acreditam que esta cachoeira pertence totalmente ao Vietnã, mas é atualmente aceito que ela oficialmente marca a divisa com a China.
(Crédito da imagem: Ho Ngoc Binh - fonte1 - fonte2 - fonte3)

    Mercado
Mercado do petróleo

Mercado do minério de ferro


    Justiça
Justiça nega pedido de Ilhabela e autoriza redistribuição de royalties do petróleo no Litoral Norte de SP
    (Por G1 Vale do Paraíba e Região) Divisão foi definida em ato administrativo do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) e ação do município (que vai recorrer) contestava processo de redistribuição da verba.
    LEIA MAIS em g1.globo.com


    Energia alternativa
Tinta solar é mais uma fonte de energia limpa e ainda mais barata
    (Por Júnior Aguiar) A tinta solar está sendo estudada e desenvolvida por pesquisadores de vários centros de pesquisas do planeta. A aplicação seria simples, no telhado ou nas paredes, assim como uma tinta de parede convencional.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br

Casa dos Ventos e Comerc fecham parceria para desenvolvimento de novos projetos de hidrogênio verde no Nordeste
    (Por Valdemar Medeiros) O hidrogênio verde é um produto que agora é visto como um dos principais atores da baixa emissão de carbono nos próximos anos.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br

Até 2036, metade da produção de combustível fóssil poderá ser inútil
    A transição para energia renovável, porém, pode trazer grande instabilidade e até provocar uma crise financeira como a de 2008, alertam os especialistas.
    LEIA MAIS em agronews.tv.br


    Meio Ambiente
XVI Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP-26)


    Paleontologia
Briozoários são dezenas de milhões de anos mais antigos do que se supunha
    Novo estudo mostra que eles existem desde o período Cambriano. A descoberta aconteceu através da análise de um fóssil conhecido como Protomelission.
    LEIA MAIS em revistagalileu.globo.com

Micróbios podem ter vivido no subsolo da Terra por 1 bilhão de anos
    Micróbios têm habitado formações terrestres profundas. Foram analisadas as bioassinaturas e a história térmica de algumas das rochas mais antigas.
    LEIA MAIS em br.sputniknews.com

Os ferozes priapulídeos eram caranguejos eremitas nos mares do Cambriano
    (Por Ascención Bustillos) A primeira grande explosão de biodiversidade na Terra trouxe também os assustadores "vermes do pênis".
    LEIA MAIS em www.habeasdata.org

Encontrados fósseis de mamutes no panteão Los Reyes de Juárez, no México


    Vulcanismo
Vulcão Cumbre Vieja
    Este vulcão de La Palma, Canárias, registra diminuição (embora ainda com intensidade) dos fluxos de lava e dos sismos, mas mantém deformação do solo e emissões de gases.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com

Vulcão Nevado del Ruiz

Vulcão Popocatepetl
    (Por Jaime Zambrano) Este vulcão mexicano reduz quantidade de exalações, mas permanece no nível de Alerta Amarelo Fase 2.
    LEIA MAIS em www.milenio.com

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Karymsky na Rússia, Suwanose-Jima no Japão, Manam em Papua Nova Guiné, Ibu na Indonésia, Fuego na Guatemala, Sangay e Reventador no Equador e Sabancaya no Peru.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Sismos mundiais com 5 graus ou mais nas últimas 24 horas

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 07, em Sikkim, Índia (4,6 graus), em Seram, Indonésia (4,7), na costa leste de Kamchatka, Rússia (4,5), em Leyte, Filipinas (4,5), em Hokkaido, região do Japão (4,5), em Kepulauan, Indonésia (4,5), e nas Ilhas Nicobar, região da Índia (4,8).
    Dia 08, em Myanmar (4,5 graus), dois em Mindanao, Filipinas (ambos de 4,8), em Coquimbo, Chile (4,8), e na costa de O'Higgins, Chile (4,9).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Ciência espacial
Sistema estelar com planetas em ângulo reto surpreende os astrônomos
    (Por Jonathan O'Callaghan) Dois planetas orbitam os polos enquanto outro gira em torno do equador da estrela, sugerindo uma força misteriosa não detectada.
    LEIA MAIS em www.nytimes.com

Detectado flúor nos confins do universo
    Foi detectado em uma galáxia na extremidade do universo. As observações também ajudarão a entender melhor como esse elemento que se encontra em nossos ossos e dentes é forjado no universo.
    LEIA MAIS em noticiasdelaciencia.com


    Extra
Resina: uma ótima alternativa para substituir o petróleo no mundo
    (Por Reina Campos Caba) O chamado "ouro líquido" já foi usado até mesmo para impermeabilizar navios no Mar Mediterrâneo.
    LEIA MAIS em www.tempo.com


Notícias em 07/11/2021

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *