Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

18 de outubro de 2021

Notícias em 18/10/2021

Assuntos do dia:
economia, petróleo, mercado, fiscalização, energia alternativa, geologia, terremotos, vulcanismo, tecnologia, ciência espacial e asteroides.

A estrada, a água e Taihang
A cordilheira Taihang, localizada no norte da China, é a linha divisória entre a Planície Norte, a leste, e o planalto de Loess, a oeste. Estende-se por 400 quilômetros de norte a sul, cruzando o interior das planícies centrais chinesas. A cordilheira passa pelas áreas das províncias de Hebei, Shanxi e Henan e Pequim. É considerada a maior e mais espetacular cadeia de montanhas da China e a espinha dorsal deste país nos tempos antigos. Com uma altitude mínima de mais de 1.200 metros, a cordilheira é mais baixa no sul e mais alta no norte, com alguns picos chegando a mais de 2.000 metros de altitude. Na região oeste, as montanhas estão ligadas a planaltos de topografia bastante regular, com declives e inclinações graduais no terreno, enquanto a região leste da cordilheira está conectada com a planície central, tornando o terreno bastante acidentado com muitas falésias íngremes. Taihang registra uma longa história geológica com mudanças profundas, incluindo vários movimentos de elevação da crosta terrestre e atividades destrutivas por mais de 2,5 bilhões de anos. É um exemplo típico da evolução geológica de cordilheira no interior de um cráton. Mas isto não é nada. Na imagem acima, "janelas" esculpidas manualmente no penhasco de arenito vermelho tornam visíveis trechos de uma estrada suspensa na rocha. Ela permite que os habitantes locais viagem entre as aldeias da região. Mas isto ainda não é nada. Na década de 1960, para lidar com secas frequentes, cerca de 300.000 residentes das montanhas Taihang usaram martelos e pás para escavar 211 túneis, abrir 1.500 quilômetros de canais e erguer 151 aquedutos em 10 anos. Assim, conseguiram direcionar a água do rio da região para o condado de Linzhou. Este condado construiu mais de 400 reservatórios e lagoas e mais de 80 usinas hidrelétricas de pequeno e médio porte, com uma área de irrigação de cerca de 26.667 hectares. Isso não só resolveu o problema da água potável para as pessoas e animais, mas também forneceu água para a indústria. Não foi nada fácil.
(Crédito da imagem: inf.news - fonte1 - fonte2)

    Economia
Arrecadação com royalties do petróleo bate recorde e pode ter aumento de mais de R$ 37 bilhões em 2021
    (Por Darlan Alvarenga) Reforço no caixa da União, estados e municípios ocorre simultaneamente à disparada dos preços dos combustíveis para o consumidor.
    LEIA MAIS em g1.globo.com

Pará registra alta de 63,5% nas exportações este ano
    (Por Natália Mello) Saldo teve um superávit de US$ 22,2 bilhões. Minérios, com os de ferro e seus concentrados, foram responsáveis por 76%; cobre e seus concentrados, com 8,1%; e alumínio, com 3,8% da exportação.
    LEIA MAIS em www.oliberal.com


    Mercado
Mercado do petróleo


    Fiscalização
Polícia Federal faz operação para desocupar garimpo ilegal de ouro em terra indígena em MT
    (Por G1 MT) A Operação Alfeu III ocorre na Terra Indígena Sararé, Garimpo "Babalu" e Cooper Pontes, na região de Pontes e Lacerda, a 443 km de Cuiabá.
    LEIA MAIS em g1.globo.com


    Energia alternativa
A maior turbina eólica do mundo será chinesa
    (Por Flávia Marinho) Os aerogeradores, que a China planeja usar na construção de seu parque eólico mais ambicioso, são mais poderosas que o Haliade-X, da General Electric.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br

Metais de energia verde: Oito empresas com grandes ambições
    (Por Marilyn Scales ) O Canadá é rico em recursos necessários para alimentar a eletrificação da sociedade moderna, e as empresas canadenses são ricas em ideias para encontrar lítio, níquel, cobre, cobalto e PGMs onde quer que estejam ao redor do mundo.
    LEIA MAIS em www.mining.com


    Geologia
Transição de fase quântica descoberta em nível global nas profundezas da Terra
    (Por Gabriel Ana) Uma mudança de spin ou crossover de spin pode ocorrer em minerais como a ferropericlase e a bridgmanita, na porção inferior do manto, sob um estímulo externo, como pressão ou temperatura.
    LEIA MAIS em arena4g.com

O núcleo interno sólido da Terra pode ser um pouco macio
    Nova pesquisa sugere que o núcleo interno da Terra é dotado de uma gama de líquidos, estruturas moles e rígidas que variam ao longo dos 240 km superiores do núcleo interno.
    LEIA MAIS em www.geologyin.com


    Vulcanismo
Vulcão Cumbre Vieja
    Este vulcão de La Palma, Canárias, tem seu fluxo de lava desenvolvido em três braços e novos surtos aparecem nas partes mais altas. A atividade sísmica permanece com intensidade elevada, mas teve uma leve diminuição.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com

Vulcão Popocatepetl

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Suwanose-Jima no Japão, Manam em Papua Nova Guiné, Semisopochnoi no Alasca, Fuego na Guatemala, Nevado del Ruiz na Colômbia, Sangay e Reventador no Equador, Sabanacaya no Peru e Nevados de Chillán no Chile.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Sismos mundiais com 5 graus ou mais nas últimas 24 horas
    Dia 17, dois nas Ilhas Kuril (5,0 e 5,2 graus) e nas Ilhas Bonin, região do Japão (5,1).
    Dia 18, em Vanuatu (6,1 graus) e na Península de Kamchatka, Rússia (5,2).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 17, em Kepulauan, Indonésia (4,6 graus), dois nas Ilhas Kuril (ambos de 4,5), na costa leste de Honshu, Japão (4,8), em Vanuatu (4,9), em Buryatiya, Rússia (4,6), na Península do Alasca (4,7), na região de Hindu Kush, Afeganistão (4,5), no mar da Groenlândia (4,7) e em Seram, Indonésia (4,8).
    Dia 18, no leste de Sichuan, China (4,5 graus), na costa leste de Honshu, Japão (4,6), em Taiwan (4,5), no sul das Ilhas Fiji (4,8), em Halmahera, Indonésia (4,7), no Nepal (4,7), no oeste de Xizang, China (4,6), e em Salta, Argentina (4,5).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Ciência espacial
NASA: Marte tinha grandes corpos d'água muito semelhantes aos da Terra
    Algumas mudanças nas placas tectônicas da Terra teriam sido o motivo que fez a diferença entre os dois planetas.
    LEIA MAIS em www.infobae.com

Determinada a idade das rochas mais novas na Lua
    Os resultados indicam que as rochas vulcânicas basálticas coletadas na missão chinesa Chang'e-5, em 2020, têm apenas cerca de dois bilhões de anos, ou seja, um bilhão de anos a menos que as rochas lunares que até agora eram as mais jovens conhecidas.
    LEIA MAIS em noticiasdelaciencia.com

Vênus tinha oceanos?
    As temperaturas em Vênus nunca foram baixas o suficiente para que a água em sua atmosfera formasse gotas de chuva que poderiam cair em sua superfície.
    LEIA MAIS em noticiasdelaciencia.com


    Asteroides
Os maiores asteroides do nosso sistema solar
    Imagens inéditas revelam uma ampla gama de formas curiosas, de esféricas a ossos de cachorro, que estão ajudando os astrônomos a rastrear as origens dos asteroides em nosso sistema solar.
    LEIA MAIS em noticiasdelaciencia.com


    Tecnologia
O que a transição de energia pode trazer para cinco metais de bateria
    (Por Valentina Ruiz Leotaud) O ING Economics desenvolveu três cenários para avaliar o possível desempenho de cobre, alumínio, níquel, cobalto e lítio.
    LEIA MAIS em www.mining.com


Notícias em 17/10/2021

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *