Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

21 de setembro de 2021

Notícias em 21/09/2021

Assuntos do dia:
petróleo, mercado, energia alternativa, meio ambiente, paleontologia, terremotos, vulcanismo, ciência espacial, ensino e eventos.

Falésias de Giz
As colinas de giz do Cretáceo Superior de South Downs formam o flanco sul do anticlinal de Wealden no sudeste da Inglaterra. Com falésias de giz proeminentes em cada lado, esta estrutura principal tem até 70 km de largura e se estende para o leste por mais de 200 km, do leste de Hampshire até a área ao redor de Boulogne-sur-Mer no norte da França. Seven Sisters ("Sete Irmãs" – na imagem acima), uma série de penhascos de giz junto ao Canal da Mancha, fazem parte de South Downs em East Sussex, entre as cidades de Seaford e Eastbourne. Estas falésias e a área do interior ao redor da cidade do condado inglês de Lewes fornecem uma excelente série de clássicas exposições. O Giz em Seven Sisters foi depositado durante os estágios Coniaciano e Santoniano do final do Cretáceo há 87-84 milhões de anos. Naquela época, Seven Sisters e grande parte da Grã-Bretanha, junto com a Europa, ficavam sob um mar relativamente raso em uma latitude equivalente ao Mar Mediterrâneo hoje. O número sete se refere aos picos que são nomeados individualmente: Haven Brow, Short Brow, Rough Brow, Brass Point, Flagstaff Point, Baily's Hill e Went Hill Brow. A paisagem desta parte da Grã-Bretanha começou a se desenvolver durante o início do Cenozoico. O processo de dobramento alpino formou a anticlinal de Wealden enquanto a África e a Europa colidiam lentamente. Muito mais tarde, o Canal da Mancha foi formado quando houve derretimento glacial do sul da bacia do Mar do Norte sobre o anticlinal Wealden-Artois, quase meio milhão de anos atrás, durante o estágio glacial anglo. Desde então, o Canal da Mancha foi ampliado durante cada ciclo climático sucessivo durante aproximadamente 100.000 anos. Quando o nível do mar subiu durante os intervalos relativamente breves de aquecimento entre estágios glaciais, o aumento do mar foi capaz de remover volumes consideráveis ​​de material erodido. Assim, o litoral tendeu a recuar, apesar de extensa elevação regional.
(Crédito da imagem: StephenDawson - fonte1 - fonte2)

    Petróleo
Shell irá produzir dez vezes mais combustível sustentável de aviação até 2025

Karoon projeta dobrar produção de petróleo no Brasil até 2023


    Mercado
Mercado do petróleo
Mercado do minério de ferro e do cobre
(Por Renan Sousa) Porque o minério de ferro perdeu mais da metade do valor em poucos meses, impactando Vale e siderúrgicas.
LEIA MAIS em www.seudinheiro.com



    Energia alternativa
Lightsource bp, maior companhia de Energia Solar da Europa, quer desenvolver 25 GW até 2025
    (Por Ruth Rodrigues) Setor de energia renovável ganhará investimento bilionário e os beneficiados serão África, Europa, Américas, Oriente Médio, Pacífico e a Ásia.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br

Startup dos EUA lança "usina portátil" que elimina o uso de combustíveis e pode ser recarregada com energia solar


    Meio Ambiente
Petrobrás anunciou que vai buscar a neutralidade de emissões em suas operações em prazo compatível com o estabelecido pelo Acordo de Paris
    A empresa também declarou que deve influenciar seus parceiros a atingir a mesma ambição em campos de petróleo e gás nos quais é sócia.
    LEIA MAIS em petronoticias.com.br


    Paleontologia
Uma sopa microbiana tóxica matou animais durante a pior extinção de todos os tempos
    Uma série de erupções vulcânicas massivas destruiu 95% das espécies existentes há 250 milhões de anos. Uma nova causa é identificada.
    LEIA MAIS em www.abc.es


    Vulcanismo
Vulcão Cumbre Vieja
    Este vulcão de La Palma, Canárias, emite dióxido de enxofre e os fluxos de lava diminuíram de velocidade, não tendo ainda alcançado o mar. A taxa de deformação do solo parece diminuir lentamente, o que pode ser um sinal de que a erupção está se estabilizando. Além disto, a atividade de terremotos diminuiu.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com
    (Por Nicoletta Lanese) Estudos mais recentes sugerem que, na pior das hipóteses, cerca de 80 quilômetros cúbicos de rocha podem deslizar do vulcão durante uma erupção violenta, gerando uma onda que teria inicialmente apenas 2 metros de altura.
    LEIA MAIS em www.livescience.com

Vulcão Etna

Vulcão Popocatepetl

Outros vulcões em destaque


    Terremotos
Sismos mundiais com 5 graus ou mais nas últimas 24 horas
    Dia 20, na costa de Bio-Bio, Chile (5,1 graus), na região das Ilhas Kermadec (5,2), em Tonga (5,8), na região das Ilhas Sanduíche do Sul (5,4) e nas Ilhas Kuril (6,0).
    Dia 21, em Tonga (5,0 graus) e nas Ilhas Izu, região do Japão (5,2).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 20, em Sumatra do Sul, Indonésia (4,5 graus), em Kepulauan, Indonésia 94,5), no sul de Sumbawa, Indonésia (4,8), e no mar de Molucca (4,9).
    Dia 21, no território de Yukon do Sul, Canadá (4,6 graus), em Seram, Indonésia (4,9), na Ilhas Sul, Nova Zelândia (4,5) e na região da Ilha Easter (4,9).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Ciência espacial
China estuda rochas lunares como fonte para energia de fusão nuclear na Terra
    Sonda espacial está de volta e trouxe um acervo de rochas lunares. Os cientistas estão analisando o potencial da Lua para energia de fusão e a realizar outras investigações.
    LEIA MAIS em visao.sapo.pt

Possível detecção de energia escura agindo na Terra
    A energia escura é uma força desconhecida que faz com que o universo se expanda com aceleração crescente à medida que viaja em direção à periferia.
    LEIA MAIS em noticiasdelaciencia.com

Planetas Hatânicos, muito diferentes da Terra, mas capazes de sustentar vida


    Ensino
Pós-Graduação em Ensino e História de Ciências da Terra (PPG-EHCT-UNICAMP)


    Eventos
XI Conferência Anual de Ministérios de Mineração das Américas

65ª Conferência-Geral da Agência Internacional de Energia Atômica
    Esta conferência, que segue até amanhã (22/09), destaca o relevante papel da energia nuclear para a transição energética global em uma economia de baixo carbono.
    LEIA MAIS em www.gov.br


Notícias em 20/09/2021

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *