Máscara e vacina:
Decisões individuais, efeito coletivo.

18 de agosto de 2021

Notícias em 18/08/2021

Assuntos do dia:
barragem, petróleo, produção, mercado, política, energia alternativa, meio ambiente, geologia, paleontologia, terremotos, vulcanismo, arqueologia, ciência espacial, eventos e outros.

Monte Cook
Localizado no Aoraki Mount Cook National Park, na Ilha do Sul, o Monte Cook é o ponto mais alto da Nova Zelândia e faz parte da cordilheira dos Alpes do Sul. Possui geleiras e campos de neve em picos com mais de 3.000 metros de altitude. É também aqui que se encontra a geleira Tasman, a mais longa da Nova Zelândia com 27 quilômetros. O Monte Cook foi formado pela elevação tectônica quando as placas do Pacífico e Indo-australiana colidiram ao longo da costa oeste da ilha. A montanha é relativamente jovem em termos geológicos, formada há cerca de dez milhões de anos. Situa-se no centro da falha alpina que se estima que se mova a cada cem ou trezentos anos. Uma lenda local diz que nos primeiros tempos não existia nenhum sinal de terra, apenas oceano. Então, Raki (o Pai do Céu) desceu para conhecer Papa-tüä-nuku (a Mãe Terra). Também vieram alguns dos filhos de Raki, chamados Ao-raki (nuvem no céu), Raki-roa (Long Raki), Raki-rua (Raku o segundo) e Raraki-Roa (longa linha ininterrupta), para conhecer a nova esposa de seu pai. Depois de cumprimentar sua nova mãe, eles partiram, mas o karakia (encantamento ou oração) que deveria ter erguido a waka (canoa) de volta aos céus, falhou e todos caíram de volta no mar, transformando-se em pedra. O Monte Aoraki formado é um tapu ou montanha sagrada e, portanto, deve ser respeitado. Seu status supremo transcende todas as outras áreas naturais protegidas. O mauri (força vital) de Aoraki une os elementos físicos e espirituais de todas as coisas, gerando e sustentando toda a vida. Os Ngäi Tahu buscam o respeito dos outros por seu sagrado Aoraki e fornecem educação para escaladores e guias, explicando que ficar no topo da montanha denigre seu status de tapu.
(Crédito da imagem: C. M. Lynch - fonte1 - fonte2 - fonte3)

    Barragem
Vale: atividades preparatórias para a eliminação da barragem Baixo João Pereira são iniciadas
    A barragem de sedimentos Baixo João Pereira, localizada na Mina Fábrica, em Congonhas, passará por processo de descaracterização.
    LEIA MAIS em www.vale.com


    Petróleo
Projetos de baixo carbono da Petrobras podem atrair grandes empresas de petróleo

PetroReconcavo tem lucro recorde e recebe autorização da ANP para comercializar gás natural
    A PetroReconcavo, que é uma das operadoras independentes de petróleo e gás do Brasil, está focada na revitalização de campos maduros terrestres (onshore) no Brasil.
    LEIA MAIS em petronoticias.com.br

Exxonmobil começa a perfuração de poço no Bloco de Titã


    Produção
Ceará bate recorde e aumenta em 52% exportações de rochas ornamentais
    De acordo com o Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), o mês de julho foi o mais movimentado, alcançando US$ 4,8 milhões comercializados no mercado internacional.
    LEIA MAIS em www.focus.jor.br


    Mercado
Mercado do petróleo

Mercado do cobre

Mercado do ouro


    Política
MME reúne entidades para discutir criação de rede de financiamento do setor mineral
    Objetivo é engajar financiadores, empresas e reguladores para trocar experiências, compartilhar conhecimento e difundir soluções financeiras.
    LEIA MAIS em www.gov.br

Governo recomenda cautela na revisão do Código de Mineração


    Energia alternativa
AXS Energia irá investir R$ 1 bilhão em 60 usinas de energia solar fotovoltaica em MG

Neonergia divulga que Fernando de Noronha contará com duas usinas de energia solar para abastecer 50 carros elétricos
    (Por Roberta Souza) O Programa Energia Sustentável Noronha prevê a implantação de soluções energéticas renováveis e de estímulo à preservação do arquipélago.
    LEIA MAIS em clickpetroleoegas.com.br

Ultrapar vende Oxiteno para se concentrar em investimentos de energia renovável e focar na transição energética

Hidrogênio é limpo, mas processo de produzi-lo nem sempre é

O hidrogênio verde e a transição para uma economia de baixo carbono


    Meio Ambiente
Vale: tecnologia de conservação genética possibilita a recuperação de espécies vegetais em Brumadinho
    A vegetação impactada pelo rompimento da Barragem B1 está recebendo contribuição importante da tecnologia para promover sua recuperação.
    LEIA MAIS em www.vale.com


    Geologia
Gotas gigantes de sedimentos subduzidos flutuam através da Terra Profunda
    A modelagem numérica do sedimento subduzido sob a crosta norte-americana sugere que o sedimento pode se elevar de maneira flutuante através do manto, como uma bolha de lava, e se fixar na base da crosta.
    LEIA MAIS em www.geologyin.com


    Paleontologia
Paleontólogos portugueses fazem importante descoberta em Angola


    Vulcanismo
Vulcão Popocatepetl

Outros vulcões em destaque
    Registram atividade vulcânica significativa: Shiveluch, Ebeko e Chirinkotan na Rússia, Suwanose-Jima no Japão, Ibu e Merapi na Indonésia, Semisopochnoi e Great Sitkin no Alasca, Fuego na Guatemala, Reventador no Equador e Sabancaya no Peru.
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Sismos mundiais com 5 graus ou mais nas últimas 24 horas
    Dia 17, seis na região das Ilhas Sanduíche do Sul (entre 5,0 e 6,1 graus) e no sul das Ilhas Fiji (5,8).
    Dia 18, três na região das Ilhas Sanduíche do Sul (5,3, 5,1 e 5,8 graus), nas Ilhas Izu, região do Japão (5,3), e em Vanuatu (6,8).
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org

Sismos mundiais entre 4,5 e 4,9 graus nas últimas 24 horas
    Dia 17, na região de Fiji (4,8 graus), na fronteira Myanmar-Índia (4,9) e na fronteira Peru-Equador (4,5).
    Dia 18, ainda sem registros.
    LEIA MAIS em www.emsc-csem.org


    Arqueologia
Cientistas descobrem por que Stonehenge é tão resistente

Esqueleto dá pistas sobre vida em Pompeia antes da erupção do Vesúvio
    Restos mortais muito bem conservados pertenciam a um ex-escravo que ascendeu na hierarquia social e foi enterrado em uma enorme tumba antes do desastre do ano 79.
    LEIA MAIS em revistagalileu.globo.com


    Ciência espacial
Supernovas podem ter ajudado a espalhar elementos radioativos no Sistema Solar
    (Por Daniele Cavalcante e Patrícia Gnipper) Novo estudo conseguiu dados observacionais em um sistema próximo ao nosso, que fortalecem ainda mais o modelo gerado por simulações computacionais onde os sistemas planetários se formam e recebem elementos radioativos enviados por explosões de supernovas.
    LEIA MAIS em canaltech.com.br


    Eventos
Ibram lança podcast PodMinerar

II Workshop Técnico – Microssísmica

Workshop Técnico sobre Potencial Petrolífero dos Blocos Exploratórios na Oferta Permanente

Webinar "Águas da Amazônia: Importância estratégica para o Brasil"

6º Mineração &X Comunidades


    Extra
A mineração e a comunidade


Notícias em 17/08/2021

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *