14 de outubro de 2019

Notícias em 14/10/2019

Assuntos do dia:
pesquisa, economia, petróleo, terremotos, vulcanismo e ciência espacial.

Falésias pintadas
O intemperismo das rochas doleríticas ricas em ferro, localizadas no topo da Ilha Maria, na Tasmânia, Austrália, pode ter contribuído para a coloração de óxido de ferro nos Painted Cliffs (imagem). São formadas faixas concêntricas de óxido de ferro laranja e amarelo nestes arenitos silicosos triássicos. Embora este tipo de formação rochosa não seja incomum, é raro em uma situação natural termos uma exposição de maneira tão extensa e bonita.
(Crédito: JJ Harrison - imagem - fonte1 - fonte2)

    Pesquisa
Desgaste de rochas por expansão
    Pesquisador da Universidade de Wyoming descobriu que a decomposição química tem papel secundário na produção de saprólito nas montanhas do sul da Sierra Nevada, na Califórnia.
    LEIA MAIS em www.uwyo.edu

Fluxos difusos de dióxido de carbono e vazamentos discretos de metano em oceano da Nova Zelândia
    (Por Geoffroy Lamarche et al) Bolhas de gás se originam de fontes naturais a partir do fundo dos oceanos do mundo todo.
    LEIA MAIS em eos.org


    Economia
Dinheiro do megaleilão do Pré-Sal


    Petróleo
Queda das exportações de petróleo da Venezuela
    (Por Ángel Bermúdez) A culpa recente pode ser das restrições impostas pelos EUA, mas o principal culpado ao longo do tempo é a falta de produção em razão da politização do setor.
    LEIA MAIS em www.terra.com.br

Quando acabará o petróleo no mundo?
    Relatório anual da BP Statistical Review of World Energy informa que as reservas mundiais no início do ano eram de 1,7 trilhões de barris, garantindo produção pelos próximos 50 anos.
    LEIA MAIS em br.sputniknews.com


    Vulcanismo
Atividade do vulcão Popocatepetl
    (Por Notimex) Este vulcão mexicano registrou exalações e sismos, além de explosão moderada, mantendo o alerta amarelo fase 2.
    LEIA MAIS em www.yucatan.com.mx

Nuvens de cinza vulcânica
    Lançaram cinzas os seguintes vulcões (com as respectivas altitudes): Shiveluch, na Rússia (5.500 metros), Ibu, na Indonésia (2.100 metros), Semeru, na Indonésia (4.000 metros), Dukono, na Indonésia (1.800 metros), Reventador, no Equador (4.600 metros), e Sabancaya, no Peru (7.600 metros).
    LEIA MAIS em www.volcanodiscovery.com


    Terremotos
Terremoto na região da África do Sul

Terremoto na região do mar de Molucca

Terremoto na Nova Zelândia

Terremoto no Paquistão


    Ciência espacial
Galáxias minúsculas sequestradas pela Via Láctea


Notícias em 13/10/2019

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *