22 de agosto de 2019

Notícias em 22/08/2019

Assuntos do dia:
petróleo, mercado, política, justiça, energia renovável, mineralogia, paleontologia, terremotos e eventos.

Cânion do Xingó
Este cânion, emoldurado pelo granito avermelhado e cinza da região, é o quinto maior cânion navegável do mundo. Tem 65 km de extensão, largura entre 50 e 300 metros e profundidade máxima de 170 metros. Foi formado pela construção da barragem da Usina Hidroelétrica de Xingó, no rio São Francisco, entre Alagoas e Sergipe. O volume da água represada chega a 3,8 bilhões de m³.
(Crédito: Fábio Pastorello - imagem - fonte1 - fonte2)

    Petróleo
Preços do petróleo continuam com tendência incerta

Programa de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Terra - REATE 2020


    Mercado
Preços do minério de ferro em baixa

Preços do ouro em estabilidade


    Política
Obrigatoriedade de auditoria externa em barragens de rejeitos
    A Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado aprovou esta proposta que agora segue para análise da Comissão de Infraestrutura (CI).
    LEIA MAIS em www12.senado.leg.br


    Justiça
Mineração em terras indígenas no AM: justiça rejeita pedidos


    Energia renovável
A maior usina termelétrica movida a biogás


    Mineralogia
Calcita verde é encontrada em Ametista do Sul


    Paleontologia
O estegossauro mais antigo do mundo
    (Por Ashley Strickland) Foi encontrado nas Montanhas do Médio Atlas de Marrocos um fóssil de estegossauro de 168 milhões de anos.
    LEIA MAIS em edition.cnn.com

Crânio minúsculo de macaco
    Análise de um minúsculo crânio de Chilecebus carrascoensis de 20 milhões de anos sugere que o desenvolvimento deste órgão foi complexo.
    LEIA MAIS em www.sciencenews.org

Crescimento dos dinossauros na América do Norte
    Há 215 milhões de anos houve um aumento nos níveis de oxigênio na Terra que fez com que surgissem mais e maiores dinossauros.
    LEIA MAIS em www.cope.es


    Terremotos
Terremoto no Afeganistão

Terremoto na dorsal Índico-Antártica ocidental

Sistemas de águas subterrâneas são afetados por terremotos
    (Por Mary Caperton Morton) Estudo revela que vazões regionais podem ter aumentos causados pela maior permeabilidade dos aquíferos causada por terremotos.
    LEIA MAIS em eos.org


    Evento
3º Seminário de Segurança em Mineração


Notícias em 21/08/2019

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *