21 de junho de 2019

Notícias em 21/06/2019

Assuntos do dia:
pesquisa, petróleo, mercado, paleontologia, terremotos, vulcanismo, arqueologia, ciência espacial, asteroides e outros.

Pedra de Xangô
Localizado no bairro Cajazeiras X, em Salvador, Bahia, o geossítio da Pedra de Xangô apresenta afloramentos e blocos de gnaisse quartzo-feldspático com foliação. Eles são associados à litologia que constitui o Cinturão Salvador-Esplanada. O bloco da foto tem cerca de 8 m de altura.
(Crédito: Sérgio Magarão de Figueirêdo Júnior/UFBa - fonte)

    Pesquisa
As placas tectônicas, o clima e a evolução da vida
    Novo estudo sugere que as alterações no clina e na vida na Terra se tornaram significativas antes da Explosão Cambriana.
    LEIA MAIS em quo.mx


    Petróleo
Preços do petróleo em alta

Produção de petróleo será mantida pelos produtores do Golfo

Xisto betuminoso: mercado cresce


    Mercado
Preços de metais básicos em alta
    (Por Eric Onstad) Os preços de cobre, níquel e outros metais básicos se elevaram após cortes nas taxas de juros do banco central dos EUA.
    LEIA MAIS em lta.reuters.com

Preços do ouro em alta


    Paleontologia
Lagarto marinho de cerca de 75 milhões de anos


    Vulcanismo
Descartada catástrofe do vulcão Popocatéptl
    (Por Jorge Estrada e Xavier Rodriguez) Geofísico diz que o vulcão Popocatéptl, no México, atualmente perde seu gás de forma relativamente calma, embora apresente o mesmo potencial de duas décadas atrás.
    LEIA MAIS em www.24-horas.mx


    Terremoto
Terremoto na Nova Zelândia
    Já é o quinto terremoto com magnitude superior a 6 graus que é sentido na região nos últimos cinco dias. Este foi de 6,2 graus atingindo as ilhas Kermadec.
    LEIA MAIS em noticias.uol.com.br


    Arqueologia
Troféus de crânios humanos descobertos nas selvas de Belize

Ferramentas podem ter sido usadas por humanos 10.000 anos antes do que se pensava


    Ciência espacial
Cratera de impacto em Marte com menos de 3 anos


    Asteroides
Determinada a origem de cinco meteoritos
    Pesquisa mostra que suas rochas com cerca de 4,5 bilhões de anos vieram do asteroide Vesta, o segundo maior do cinturão entre Marte e Júpiter.
    LEIA MAIS em www.futurity.org


    Extra
Aumento da plataforma continental brasileira


Notícias em 20/06/2019

Nenhum comentário:

Traduzir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *