27 de janeiro de 2019

Notícias em 27/01/2019


Imagem em destaque
Barragem de Brumadinho (I) antes do rompimento
Localização de prédios e demais estruturas na área do Complexo Córrego do Feijão, em Brumadinho, MG.
(Foto: Reprodução - fonte)

Principais notícias sobre geologia, mineração e áreas relacionadas
Assuntos do dia: pesquisa, danos, produção, justiça, terremotos e vulcanismo.

Pesquisa

Micróbios controlam a formação de depósitos gigantes de cobre?
Diferentes técnicas microbiológicas e estudos detalhados de microscópio eletrônico mostraram que os sulfetos de cobre estão precipitando hoje em relação às colônias de micróbios redutores de sulfato.
LEIA MAIS em www.geologyin.com


Danos e reparos

Agência Nacional de Mineração interdita Complexo Córrego do Feijão da Vale após desastre
A Agência Nacional de Mineração (ANM) em Minas Gerais decidiu interditar e suspender de imediato as atividades do Complexo Córrego do Feijão, tendo em vista o rompimento da barragem 1 da companhia na região, na sexta-feira, em Brumadinho (MG), conforme documento visto pela Reuters.
LEIA MAIS em www.terra.com.br

MP investigava mina onde houve desastre desde 2018
A mineradora apresentou em novembro documento atestando a segurança da barragem, com laudos e perícia de uma empresa externa.
LEIA MAIS em www.terra.com.br

Agência diz que Vale fez vistoria um mês antes de barragem romper e não achou problemas
(Por André Borges)
Órgão responsável por fiscalização de mineradoras diz que três relatórios da empresa garantiam estabilidade da estrutura.
LEIA MAIS em www.terra.com.br

Não existe sociedade desenvolvida e geração de valor sem a atividade mineraria
Projetos minerários não são feitos para provocar acidentes, catástrofes e romper…
LEIA MAIS em portalcanaa.com.br

Serviço Geológico do Brasil levanta informações técnicas após rompimento da barragem na Mina Feijão, em Brumadinho (MG)
Conforme determinação do Ministério de Minas Energia, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) mobilizou uma equipe composta por 30 pesquisadores e analistas em geociências para levantamento de informações técnicas após o rompimento da barragem na Mina Feijão, em Brumadinho (MG), que aconteceu na sexta-feira (25/1).
LEIA MAIS em cprmblog.blogspot.com


Produção

Sindirochas estima expectativas para o setor de rochas ornamentais
O Espírito Santo permaneceu na hegemonia de principal Estado exportador brasileiro no ano passado, e a expectativa em 2019 é de que seja ainda melhor.
LEIA MAIS em esbrasil.com.br


Justiça

Novo desastre envolvendo Vale pode mudar rumo de negociações no caso Samarco, diz MPF
O novo colapso de barragem de rejeitos de mineração envolvendo a mineradora Vale pode mudar completamente o rumo das negociações no entorno de uma ação de 155 bilhões de reais movida contra a Samarco e suas donas (Vale e BHP), no âmbito de tragédia ocorrida há três anos, afirmou à Reuters neste sábado o procurador da República José Adércio Sampaio.
LEIA MAIS em br.reuters.com

Justiça bloqueia mais R$5 bi da Vale a pedido do Ministério Público por desastre em MG
A Justiça de Minas Gerais acatou pedido do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e determinou o bloqueio de 5 bilhões de reais da mineradora Vale, diante de rompimento de barragem da companhia na sexta-feira em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).
LEIA MAIS em br.reuters.com


Vulcanismo

Erupção de vulcão pré-histórico na Escócia teria contribuído para mudança climática
Por volta de 56 milhões de anos atrás, a erupção de um vulcão pré-histórico, localizado onde hoje se situa a atual Escócia (Reino Unido), contribuiu para um drástico aquecimento global, segundo os cientistas.
LEIA MAIS em br.sputniknews.com


Terremotos

Terremotos de magnitudes 4,4 e 5,7 atingem o norte e o sul do Japão
Dois terremotos de média e forte magnitudes atingiram neste sábado a região de Tohoku, nordeste do Japão, e a ilha de Kyushu, no sudoeste do país, informou a Agência Meteorológica do Japão (JMA), acrescentando que não foi houve risco de tsunami, embora ambos os tremores tenham sido sentidos em uma ampla área das duas regiões.
LEIA MAIS em mundo-nipo.com

Terremoto de 5.4 graus na Colômbia
O terremoto de 5,4 graus na escala Richter foi forte em Bogotá, Cali, Ibagué, Neiva e outras cidades, principalmente no centro e sul da Colômbia, e, no caso da capital, sirenes de emergência foram ativadas em bairros diferentes.
LEIA MAIS em www.eitb.eus

Terremoto de 6,2 graus sacode a província indonésia de Molucas
Um terremoto de 6,2 graus na escala Richter abalou esta tarde província de Maluku, no leste da Indonésia, sem alerta de tsunami foi ativado, informou o Bureau de Meteorologia, Climatologia e geofísica deste país.
LEIA MAIS em es.vietnamplus.vn


Notícias em 26/01/2019

Nenhum comentário: